VIAS LACRIMAIS

As vias lacrimais são as estruturas responsáveis pelo escoamento da lágrima, elas se iniciam no canto interno das pálpebras, nos pontos lacrimais, e terminam dentro do nariz.

O principal sintoma relacionado à obstrução das vias lacrimais é o lacrimejamento, que pode ocorrer por várias causas.

No recém-nascido, as vias lacrimais podem ainda não estar completamente abertas, por isso, algumas vezes, é necessária a sondagem para forçar a abertura do canal.

Na idade adulta, a obstrução pode ocorrer devido à degeneração da mucosa, por processos inflamatórios, doenças nasais, flacidez das pálpebras ou traumas. A lágrima acumulada dentro do canal pode levar a infecção e até à formação de abscessos.

Dúvidas Frequentes

Sim, essa é uma complicação devido à retirada excessiva da pele, sendo necessário o uso constante de colírios lubrificantes e, em alguns casos, cirurgia reparadora, por exemplo, enxerto de pele.

A pessoa que foi submetida à Blefaroplastia pode precisar de outra no futuro, visto que o excesso de pele é uma consequência do envelhecimento. Esse tempo vai depender de diversos fatores como: exposição ao sol, tabagismo e tendência familiar.

O repouso é apenas para atividades físicas mais intensas em torno de 5 a 7 dias, sendo liberadas as atividades leves como leitura e uso de computador mesmo no dia da cirurgia.

Os pontos são necessários onde é feita a incisão, que são retirados entre 4 a 5 dias após a cirurgia.

Após a cirurgia, fica cicatriz onde é feita a incisão (corte), que com o passar dos meses vai clareando, tornando-se imperceptível.

Não existe uma idade ideal para operar. A partir da avaliação das pálpebras, o médico verifica se há ou não excesso de pele e a necessidade da cirurgia.

Não há necessidade de tampão após a cirurgia; o paciente recebe alta com os olhos abertos.

A anestesia é local, com injeção na pele; pode ser feita sedação com acompanhamento de anestesista.

Não é necessária internação e a alta é imediata.